5 benefícios da mandioquinha para o bebê

Tempo de leitura: 2 minutos

Com uma textura muito leve, e excelente para o preparo de papinhas a mandioquinha, além de saborosa, é um excelente alimento para o bebê, já que traz inúmeros benefícios para a saúde dos pequenos. Sabe quais são ?

Confira abaixo as cinco razões para você incluir esse tubérculo na dieta de seu bebê hoje mesmo. Para sentir todos esses benefícios, a recomendação é oferecer a mandioquinha diariamente, em papinhas ou combinada a outros alimentos.

Excelente fonte de energia

A mandioquinha é rica em carboidratos, o que a torna uma excelente fonte de energia para as crianças a partir dos seis meses.

Essa energia é importante para que o corpo funcione bem, realizando todos os processos necessários para que a criança cresça com saúde.

Rica em fibras

A mandioquinha contém uma boa quantidade de fibras insolúveis, tornando esse alimento perfeito para aquelas crianças que, desde cedo, sofrem com o intestino preguiçoso.

O consumo de fibras não só ajuda a resolver o problema da constipação intestinal, como garante um bom funcionamento do órgão.

Protege o sistema imunológico

A mandioquinha é rica em vitamina C, composto que fortalece e protege o sistema imunológico, ajudando o corpo do bebê a combater possíveis gripes e resfriados.

Além disso, a vitamina C ajuda o corpo a manter os tecidos conjuntivos e gengivas saudáveis, além de garantir que os dentinhos que logo virão cresçam sem problemas.

Rica em sais minerais

A mandioquinha é rica em minerais como o ferro, fósforo, magnésio e cálcio, contribuindo para o bom funcionamento e o bom desenvolvimento do corpo do bebê.

O fósforo, por exemplo, ajuda no desenvolvimento ósseo, assim como o cálcio. Já o potássio ajuda a regular o funcionamento cardíaco.

Rica em vitaminas do complexo B

Consumir a mandioquinha diariamente garantirá que seu bebê receba boas quantidades de todas as vitaminas do complexo B, além de ácido fólico, vitamina B6, tiamina, ácido pantéico, vitamina K e vitamina E.

Quando as quantidades de vitamina B3 estão baixas quantidades no organismo, podem ocorrer lesões no intestino, dificuldade de digestão dos alimentos ingeridos e de absorção das vitaminas e minerais presentes neles.

Receita de papinha de frango com mandioquinha

Informações indispensáveis para o preparo de papinhas

Para garantir uma introdução alimentar segura e nutritiva, alguns outros detalhes são super importantes:

  • A escolha de uma panela que não libere metais pesados
  • A utilização de potes livres de contaminantes
  • A forma correta de armazenar as papinhas
  • O congelamento e descongelamento correto, para preservar os nutrientes
  • Os temperos corretos
  • A higienização e remoção dos agrotóxicos

Se você não quer correr riscos com seu bebê, aconselhamos que conheça o Manual das Papinhas, onde, além de ter acesso a 100 receitas práticas, você vai aprender todos os detalhes para garantir uma introdução alimentar super segura e nutritiva.

O_Manual_das_Papinhas_3ª_edicao

Acesse o Manual das Papinhas e garanta a saúde do seu bebê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.