Chupeta: Usar ou não usar?

Tempo de leitura: 3 minutos

Muitas mães utilizam a chupeta para acalmar os bebês, porém, será que a utilização deste objeto pode fazer algum mal para o bebê?

Como surgiram as chupetas?

A chupeta evolui dos mordedores e chocalhos, usados ou para distrair o bebê ou para ajudá-lo quando seus dentes começam a nascer.

Hoje já existem incontáveis tipos de chupetas, desde as simples e convencionais até as  ortodônticas e especiais, que prometem não prejudicar a formação dos dentes e alegam não fazer nenhum mal para o bebê.

Vantagens da chupeta

A principal vantagem é acalmar ou distrair bebê, com os dentes e até mesmo a cólica, chupar a chupeta ajuda a aliviar a dor, porque relaxa o bebê,

Muitos bebês ficam no peito mesmo sem fome, mas porque se sentem seguros e confortáveis quando sugam alguma coisa, diante destas circunstancias, a mãe geralmente recorre a chupeta para poder ficar livre.

Desvantagens do uso da chupeta

As otites- Existe uma relação entre o uso frequente de chupetas com infecções de ouvido. Mesmo que até agra nada tenha sido comprovado e os organismos dos bebês variam entre eles, é preciso levar com consideração esta possibilidade.

A chupeta pode aumentar a chance da passagem de infecções para a trompa de Eustáquio (a passagem oca que liga o ouvido médio e a garganta). Tirar a chupeta na hora de dormir ajuda a reduzir estas chances.

Infecções- A chupeta é potencialmente perigosa para a saúde do bebê. Como ela fica exposta, a chance de entrar em contato com vírus, até mesmo do ar, é grande, para garantir,  esterilize-a com frequência e guarde-a em um porta chupetas. É sempre bom ter uma chupeta limpa de reserva.

Desmame precoce- Os bebês que usam chupeta tendem a largar o peito mais cedo, isso ocorre porque acontece uma certa confusão na cabeça do bebê, como o bebê passa a chupar chupeta, deixa de mamar, ou de simplesmente ficar com peito na boca, essa troca faz com que o seio seja estimulado com menos frequência, passando a produzir menos leite. É como um ciclo que começa e só acaba quando o leite da mãe acaba.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam que as mães ofereçam apenas o seio aos filhos durante os primeiros seis meses (a chamada amamentação exclusiva) assim o bebê recebe todos os enormes benefícios do leite materno até a idade propicia para a introdução de alimentos sólidos.

Algumas dicas para o uso saudável da chupeta

1- Procure usar chupetas ortodônticas.

2- Mantenha as chupetas sempre limpas.

3- Troque de chupeta se perceber que ela já não está em perfeito estado.

4- Não use mel ou açúcar na chupeta.

5- Limite o uso de tempo da chupeta.

6 Espere o bebê precisar da chupeta.

A chupeta deve ser tirada do bebê o quanto antes, lembre-se de nunca criar um vínculo ou oferecer a chupeta como recompensa.

Conheça o Manual das Papinhas e aprenda como fazer papinhas deliciosas, com 100 receitas e dicas incríveis, que irão garantir uma alimentação super saudável para seu bebê.

O_Manual_das_Papinhas_3ª_edicao

Acesse o Manual das Papinhas e garanta a saúde do seu bebê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *