Como fazer papinhas salgadas nutritivas

Tempo de leitura: 3 minutos

Se o seu bebê já estiver por volta dos 6 meses de idade, provavelmente você já deve estar pensando em como deve ser a forma mais nutritiva de preparar as tão famosas papinhas salgadas.

A fase da introdução alimentar, gera em quase 100% das mamães, um desejo muito grande de preparar as papinhas mais saudáveis possíveis. Afinal nossos bebês estão passando para uma importante fase de seu desenvolvimento, por isso é muito comum pensarmos na proteína de soja como uma aliada no cardápio dos bebês.

Mesmo que nosso desejo seja variar o cardápio de papinhas nessa fase, existe uma ideia contraditória a respeito do consumo da soja em papinhas salgadas. Considerada como o alimento mais completo em termos de propriedades nutricionais, a soja sempre foi vista como uma aliada na substituição das proteínas animais.

Mas será que toda essa promoção do consumo da soja como um alimento milagroso, não seria mais uma armadilha da indústria alimentícia?

Alguns motivos para não utilizar a Soja nas receitas de papinhas

Há anos o Brasil ocupa o primeiro lugar no ranking de consumo de agrotóxicos no mundo, e a soja é o alimento que mais demanda agrotóxico no seu cultivo. Além disso é transgênica, ou seja, um produto genéticamente modificado para se tornar mais resistente as pragas.

O grão da soja é rico em substâncias antinutrientes que inibem a atuação da tripsina, enzima responsavel pela digestão. A soja também contém hemaglutina, substância que aumenta a coagulação do sangue, além de possuir ácidos fíticos (presentes em todas as sementes de soja), estes elementos impedem a absorção do magnésio, ferro, cálcio e zinco.

O único modo de se livrar de todas essas substancias é através da fermentação da soja, por isso alguns países que costumam fazer um consumo regular da soja, o fazem geralmente na sua forma mais saudável, como shoyu, missô e derivados, que são produzidos a partir de um processo de fermentação. Nem mesmo o tofú está livre destas substâncias prejudiciais da soja. A proteína vegetal texturizada, ou a chamada carne de soja, é, sem exagero, um veneno tóxico para o sistema biológico humano.

Portanto, se na hora de preparar as papinhas salgadas de seu bebê você estiver a procura de alguma receita que contenha alimentos ricos em proteínas, que não seja carne, é só acrescentar no cardápio:

Lentilhas, grão de bico, arroz integral, beterraba, quinoa, ervilhas, ovos e milho.

É muito comum encontrarmos sites recomendando a soja como uma alternativa saudável no preparo de papinhas para bebês. Por isso, antes de escolher os alimentos que irão compor suas receitas de papinhas, se informe e pesquise com cuidado para garantir uma alimentação realmente saudável para seu bebê.

Conheça o Manual das Papinhas e aprenda como fazer papinhas deliciosas, com 100 receitas e dicas incríveis, que irão garantir uma alimentação super saudável para seu bebê.

O_Manual_das_Papinhas_3ª_edicao

Acesse o Manual das Papinhas e garanta a saúde do seu bebê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *