O intestino preso dos bebês: 30 alimentos que prendem e 13 que soltam

Tempo de leitura: 5 minutos

O intestino preso dos bebês é algo que aflige muitas mães, por isso escrevi este artigo para explicar os principais motivos que causam estes desequilíbrios intestinais e quais soluções temos disponíveis.

Neste artigo você vai aprender:

  • Quais são os 30 alimentos que formam gases e prendem o intestino dos bebês
  • Quais são os 13 alimentos que soltam o intestino dos bebês

O início

Logo após o nascimento do bebê, é muito comum haver uma frequência enorme de evacuações.

As fezes estão presentes em praticamente todas as trocas de fraldas, e isso faz parte de um processo natural e saudável nos primeiros dias da vida de um bebê.

Mudanças

No entanto, entre o primeiro e o segundo mês de vida do bebê, poderão ocorrer algumas mudanças.

É o processo natural do desenvolvimento do sistema digestivo acontecendo, e este pode ser diferente para cada criança, afinal chegou o momento em que o bebê começa a criar o seu próprio hábito intestinal.

Este processo, na maioria das vezes, não causa nenhum problema. Ou seja, é muito comum que um bebê chegue a passar vários dias sem evacuar, isto é considerado algo perfeitamente normal, principalmente se estas pausas não forem seguidas de nenhum outro sintoma diferente que a mãe possa notar no bebê.

Introdução alimentar

Logo em seguida, por volta dos 6 meses, chegará a fase da introdução alimentar, e é nesta época que muitas mães ficam inseguras e acabam comentendo um monte de erros.

Pra facilitar a introdução alimentar e evitar os principais erros, recomendamos que conheça o Manual das Papinhas, onde você vai aprender tudo sobre introdução alimentar e ainda vai ter acesso a 100 receitas organizadas, super saudáveis e práticas.

A importância do leite materno

Se o bebê mama somente o leite materno, a tranquilidade pode ser ainda maior, afinal o leite materno possui prebióticos que tem efeito parecido com a fibra alimentar solúvel, que estimula o crescimento de bactérias favoráveis ao funcionamento do intestino.

Caso seu bebê mame alguma dessas fórmulas presentes no mercado, consulte um pediatra, e dê preferência para as que possuem prebióticos em sua composição, caso contrário, seu bebê poderá ficar ressecado.

Uma dica para soltar o intestino dos bebês

Uma dica legal para soltar o intestino preso do bebê, é ferver uma água com duas ameixas secas, coar, esperar esfriar e em seguida preparar a mamadeira utilizando esta água.

A Introdução de sólidos pode provocar mudanças intestinais nos bebês

Após o sexto mês de vida dos bebês, quando ocorre a introdução de alimentos sólidos, a mudança no funcionamento do intestino poderá ocorrer em 80% dos casos, gerando alguns desconfortos, como gases, fezes ressecadas, constipação e cólicas.

No momento da introdução alimentar, não ofereça ao seu bebê papinhas industrializadas, elas geralmente possuem conservantes, açucar e gorduras no seu preparo.

Mesmo as que trazem em seus rótulos informações de um preparo saudável, muitas vezes possuem conservantes não descritos no rótulo, e claro, não se comparam as receitas de papinhas preparadas com alimentos frescos.

As papinhas devem ser preparadas preservando-­se as fibras de cada alimento, pra isso evite o uso de liquidificadores e coadores.

Isso irá garantir a qualidade do alimento que seu bebê estará recebendo em seus primeiros meses de vida.

O segredo está no equilíbrio

Quase todos os alimentos que usamos no preparo das papinhas, contribuem ou para prender o intestino ou para gerar gases em nossos bebês.

Entenda que o desenvolvimento do intestino dos bebês é fundamental e precisa acontecer, por isso não podemos e nem devemos evitar de consumir os alimentos que prendem ou soltam o intestino.

O segredo é preparar as papinhas equilibrando os alimentos, de maneira que as fezes não fiquem nem ressecadas nem soltas demais.

O ideal é conhecer cada um destes alimentos, desta forma fica mais fácil montarmos um cardápio de papinhas equilibradas.

E se você precisa de um cardápio pronto, lembramos que no Manual das Papinhas, temos uma lista de compras e um cardápio organizado para facilitar esta fase tão delicada.

Conheça agora a lista de alimentos que formam gases e podem prender o intestino dos bebês, e os alimentos que soltam o intestino.

30 alimentos que prendem o intestino

  • Arroz
  • Acelga
  • Alho
  • Abacate
  • Açucar
  • Agrião
  • Amido de Milho
  • Banana maça
  • Batata doce
  • Beterraba
  • Brócolis
  • Banana prata
  • Biscoitos
  • Batata
  • Cebola
  • Couve
  • Cará
  • Caqui
  • Grão­-de-­bico
  • Goiaba
  • Inhame
  • Lentilha
  • Mandioca
  • Maça
  • Madioquinha
  • Ovos
  • Pera
  • Repolho

13 alimentos que soltam o intestino

  • Ameixa seca
  • Mamão
  • Manga
  • Laranja
  • Aveia
  • Linhaça
  • Feijão, lentilha, ervilha: são considerados laxativos, mas podem produzir gases
  • Milho verde
  • Cenoura
  • Abóbora
  • Gergelim

Como disse acima, não devemos evitar de oferecer determinados alimentos com receio de prender ou soltar demais o intestino dos bebês.

Se você preparar as papinhas com as combinações certas de cada grupo alimentar, o intestino de seu bebê funcionará perfeitamente.

Por isso no Manual das Papinhas, ensinamos 100 receitas de papinhas que já foram elaboradas com os alimentos equilibrados.

O_Manual_das_Papinhas_3ª_edicao

Conheça o Manual das Papinhas e garanta a saúde do seu bebê.

10 Comentários

  1. Camila Rebelo

    Mudando só um pouco de assunto, porem continuando sobre alimentação, cozinhar os alimentos na panela de pressao causa perda de nutrientes? eu tenho 3 filhos e minha bb de 9 meses mama no peito sob livre demanda e a minha vida e uma correia, geralmente preparo as papas dela na pressao por ser mais rapido. gostaria mt de saber, geralmente deixo 15 min.

    Responder

    1. A perda é mínima Camila. O ideal é cozinhar os alimentos no menor tempo possível, de modo que a deterioração seja mínima.

      Dados sobre a panela de pressão:

      Destrói 12% do cálcio, 20% do grupo da vitamina B, 27% de vitamina C e 11% de carotenoides de produtos cozidos.

      Quando o alimento é cozido em muita água as perdas são de 22%, 49%, 47% e 21%, respectivamente.

      Bjs!

      Responder
  2. Marilene

    Meu bebê está com muita dificuldade para fazer cocô depois da introdução alimentar, estou usando um cardápio que o pediatra passou ,mas já comprei o livro e gostaria de saber se as receitas do livro já tem o equilíbrio do alimentos que soltam o intestino e os alimentos que prendem ?

    Responder
  3. Elisania

    Gostei muito das dicas, irei seguilas passo a passo pra alimentar meu bebê.

    Responder
  4. Márcia Nascimento da luz Jones

    Boa noite gostei bastante desta página uma boa alimentação realmente faz toda diferença o meu filho tem 1ano e oito meses e graças a Deus o intestino dele sempre funcionou super bem 😍

    Responder

    1. Oi Carmem, tudo bem? Aconselhamos que você observe se seu bebê. Se continuar preocupada, consulte seu pediatra para ter certeza de que não é nada serio <3

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *