Parar de amentar, qual o momento ideal?

Tempo de leitura: 3 minutos

Parar de amamentar é uma fase delicada, por isso resolvi escrever este artigo pra te ajudar a entender as principais questões que envolvem este processo.

Quando introduzir papinhas e parar de amamentar?

Você sabia que mesmo após a introdução das papinhas, o leite materno ainda continua sendo de grande importância na ingestão de calorias pelos bebês? Ele pode chegar a responder por até mais da metade da caloria diária necessária para um bebê.

A introdução das papinhas é indicada após o sexto mês de vida do bebê, porque neste período, as reservas de ferro acumuladas durante a gravidez e parto começam a chegar ao fim.

O leite materno tem uma quantidade pequena de ferro, que por outro lado é altamente absorvível pelo bebê. Mas isso não basta, afinal o bebê é um ser em constante crescimento, com grandes necessidades de ferro para o seu desenvolvimento. Portanto, o nosso conselho para você que já iniciou a introdução de sólidos, e ainda continua tendo disponibilidade e leite para continuar amamentando, é não desistir tão cedo.

Por maior que seja a dificuldade que encontramos neste processo, o leite materno é insubstituível, pois é fonte incomparável de nutrientes, vitaminas e defesas. Por isso, quanto mais você conseguir manter uma amamentação que esteja funcionando bem para os dois, melhor.

A produção de leite se dá de acordo com a demanda da criança, ou seja, quanto mais o bebê suga, mais leite é produzido. Na ausência de sucção (para quem está trabalhando), é essencial esvaziar as mamas extraindo o seu leite em intervalos regulares. Assim, é importante dar o peito sempre que você estiver com o bebê.

A prolactina, hormônio responsável pela produção de leite, é liberada mais à noite. Então, amamentar durante a noite ajuda a manter uma boa produção de leite. A duração total da licença maternidade pode ser usada para amamentar exclusivamente. Nos últimos 15 dias da licença, você pode começar a retirar o seu leite e estocá-lo no freezer, de preferência em pequenas quantidades, para que haja um estoque pronto a ser dado ao bebê quando você começar a trabalhar. Alimentar o bebê com xícara, copinho ou colher é fácil, mas é preciso que a pessoa que vai cuidar do bebê aprenda a fazer isso. Recomenda-se que ela pratique dar o seu leite ao bebê com um desses utensílios durante alguns dias antes do final da sua licença. Assim você retornará ao trabalho segura de que seu bebê estará bem alimentado”. (Extraído da “Cartilha para a mãe trabalhadora que amamenta” O Ministério da Saúde.)

Quando você amamenta seu bebê por aproximadamente um ano, ele fica suprido desta necessidade inicial. Agora, se você estender para mais um ano, completando dois anos de amamentação, você poderá se beneficiar muito com isso. Além da saúde da criança, existe também uma relação com a diminuição das chances de ocorrência do câncer de mama, de ovário e de diabetes na mulher que amamenta.

Sabemos que amamentar é um ato muito bonito, mas não podemos ignorar que existem muitas dificuldades nesta fase, no entanto, você vai ver que todo este esforço será bastante recompensado lá na frente.

Conheça o Manual das Papinhas e aprenda como fazer papinhas deliciosas, com 100 receitas e dicas incríveis, que irão garantir uma alimentação super saudável para seu bebê.

O_Manual_das_Papinhas_3ª_edicao

Acesse o Manual das Papinhas e garanta a saúde do seu bebê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *