Temperos para fazer papinhas

Tempo de leitura: 6 minutos

Acompanhe neste artigo algumas dicas sobre temperos naturais saudáveis que deixam a papinha mais saborosa e fazem muito bem para o bebê.

Papinha para bebê deve ser feita sem tempero? Muitos pensam que a comida dos pequenos deve ser preparada sem sal e sem temperos. O sal deve ser evitado, especialmente o sal refinado. Mas os temperos naturais como ervas e especiarias podem, e devem, ser utilizados para enriquecer as papinhas de bebê.

Além de estimularem o paladar desde a introdução alimentar, ajudando a criar adultos que comem de tudo, os temperos naturais trazem diversos benefícios à saúde.

Acompanhe neste artigo como fazer papinha para bebê saudável e gostosa. Veja dicas sobre temperos naturais que deixam a papinha mais saborosa e ainda fazem muito bem para o bebê.

Como temperar a papinha do bebê?

temperos-para-fazer-papinhas-como-temperar

  • Nunca utilize temperos industrializados que contém aditivos químicos como conservantes, além do excesso de sódio, sobrecarregando o organismo dos pequenos.
  • Dê preferência por temperos frescos. Uma boa dica é ter uma hortinha em casa, com os principais temperos em vasinhos. Assim, é possível ter sempre temperos frescos em casa.
  • Se não for possível utilizar o tempero fresco, utilize ervas secas e/ou especiarias em pó (como canela, gengibre, açafrão da terra). São opções práticas para ter-se na dispensa, que ainda sim, mantém as propriedades nutricionais dos alimentos.
  • Ervas e temperos com sabor mais forte devem ser utilizadas em pequenas quantidades para não comprometer o sabor natural da refeição.
  • Temperos picantes como curry ou pimenta devem ficar de fora do cardápio das papinhas.
  • Se possível, utilize ervas e temperos orgânicos.
  • Procure adicionar os temperos no final da preparação, pois o calor destrói algumas propriedades nutricionais destes alimentos. Com exceção do alho e da cebola, que podem ser refogadas antes, para não ficar com gosto muito forte.
  • O sal refinado não deve ser utilizado. O ideal é que as papinhas sejam feitas sem sal, para não viciar o paladar da criança. Adicione uma pitada de sal do himalaia, se necessário.
  • Não utilize óleos refinados de cozinha para temperar a papinha. Azeite extravirgem ou óleo de coco são as melhores opções no preparo da comida do bebê.

Saiba a verdade sobre os óleos de cozinha que são considerados saudáveis para os bebês, acesse o artigo:

Devo utilizar sal e óleo nas papinhas?

Temperos naturais que podem ser utilizados:

temperos-para-fazer-papinhas-naturais

A cebolinha e a salsinha são as ervas mais utilizadas, por serem suaves e suficientes para temperar sem modificar o sabor natural dos legumes.

O alho e cebola também podem ser utilizados desde cedo na introdução alimentar, sendo temperos curingas. No entanto, várias outras ervas podem ser utilizadas para temperar papinhas para bebê.

Se a criança aprovar os temperos mais neutros, já é possível introduzir ervas com sabor mais intenso. Confira algumas opções de temperos naturais que podem ser utilizadas nas papinhas e seus benefícios para o organismo:

  • Manjericão:

Rico em vitamina C e flavonoides, que conferem ação antioxidante, protegendo o organismo, além de fortalecerem a imunidade. Também fornece vitamina K e vitamina A na forma de betacaroteno, assim como outros carotenóides, que protegem a saúde dos olhos e visão.

Como utilizar manjericão?Por ser uma erva com sabor intenso, pode ser utilizada no final das preparações em pequenas quantidades. Combina com carnes suaves, tomate e ovos.

  • Salsinha:

Fonte de vitamina C e vitamina A, a salsa tem potente ação diurética, além de ser anti-inflamatória e estimular a limpeza de toxinas do organismo.

Como utilizar? É uma erva de sabor neutro que pode ser utilizada em todas as papas salgadas.

  • Cebolinha: contém propriedades antibacterianas, mostrando-se capaz de evitar a contaminação de diversas bactérias. É fonte de vitamina A, vitamina C e ferro.

Como utilizar? Assim como a salsinha, a cebolinha é um curinga na cozinha, podendo ser utilizada em preparações de todas as papas.

  • Orégano:

Tem ação antifúngica, estimula o sistema imunológico, além de ter propriedades digestivas, que evitam a formação de gases e cólicas. Também ajuda a regularizar a flora intestinal.

Como utilizar? O orégano pode ser introduzido na segunda fase, depois que a criança já aceitas temperos neutros, pois é uma erva com sabor moderado. Combina especialmente com tomate, mas vai bem em papas diversas, de legumes e carnes variadas.

  • Coentro:

Concentra altas quantidades de vitamina C, além de outros nutrientes. O coentro ajuda a eliminar toxinas do organismo do bebê e estimula o sistema imunológico.

Como utilizar? Utilizar a erva fresca picada no final da preparação. Combina com peixes e legumes adocicados.

  • Alecrim:

Tem ação digestiva e estimula a salivação, estimulando o apetite. Além disso, por conta de seus óleos essenciais, seu cheiro promove o bom-humor. Além disso, o alecrim tem propriedades contra dores e possui ação anti-bacteriana.

Como utilizar? É uma erva de sabor intenso que combina bem com frango e batata.

  • Cebola:

Uma importante fonte de quercetina, uma substância vegetal que tem ação antioxidante e favorece a circulação sanguínea. Também é fonte de FOS (fruto oligossacarídeo), uma fibra prebiótica que serve de alimento para as bactérias boas, ajuda a regularizar a flora intestinal.

Como utilizar? Adicionar a metade de uma cebola grande por preparo.

  • Alho:

Um potente antibiótico, anti-inflamatório e antifúngico natural, o alho é um ótimo alimento para o sistema imunológico, ajudando a fortalecer o organismo desde cedo. Mas os benefícios do alho não param por aí.

O alho tem poder antioxidante, além de favorecer a saúde do sistema cardiovascular, evitando hipertensão. Também é fonte de FOS, trazendo benefícios para o intestino.

Como utilizar? Temperar com moderação no inicio por conter sabor forte. Se utilizado em pouca quantidade tem sabor mais suave.

  • Canela e cravo:

Estas especiarias tem potente ação antioxidante e a canela ajuda na ação da insulina, fazendo com que o organismo consiga aproveitar melhor a energia dos carboidratos. Já o cravo é outro potente antifúngico natural.

Como utilizar? Adicionar um pitada de canela em pó nas papinhas de frutas e misturar. O cravo e canela em pau também podem ser utilizados no cozimento de frutas como maçã

Lembre-se de oferecer temperos variados e se o bebê não gostar de algum, procure ofertar por mais duas vezes, de maneiras diferentes para avaliar se a criança não gostou mesmo.

Conheça o Manual das Papinhas e aprenda como fazer papinhas deliciosas, com 100 receitas e dicas incríveis, que irão garantir uma alimentação super saudável para seu bebê.

O_Manual_das_Papinhas_3ª_edicao

Acesse o Manual das Papinhas e garanta a saúde do seu bebê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *