7 receitas de papinhas ricas em ferro que irão turbinar a saúde do seu bebê

Papinhas + Ferro: Uma união perfeita

Todas as papinhas que oferecemos aos nossos bebês terão como principal objetivo, a construção de células de defesa para o organismo.

Essas células trabalharão perfeitamente para o correto desenvolvimento dos bebês, de maneira que todos os nutrientes presentes nas papinhas atuarão como uma barreira contra entrada de agentes externos que possam oferecer riscos à saúde dos bebês.

Com essa grande responsabilidade nas mãos, é inevitável que muitas mães se sintam inseguras ao fazer a escolha e o preparo das papinhas de seus bebês.

O ferro, por exemplo, é um nutriente muito importante, e por isso deve estar presente, em quase todas as papinhas que serão oferecidas ao seu bebê a partir do sexto mês de vida.

O Ferro é o responsável pela fabricação das células vermelhas do sangue, e também pelo transporte do oxigênio para todas as células do corpo.

Ou seja, durante as primeiras papinhas, ele exerce um papel fundamental para a construção do sistema imunológico de todo o organismo do bebê.

Você sabia que seu bebê perde reservas de Ferro no sexto mês de vida? Por isso as papinhas para bebês devem ser bem elaboradas.

Para ajudar mães como você, nós preparamos um Manual com 100 receitas de papinhas super práticas e nutritivas, juntamente com toda a informação necessária para fazer a introdução alimentar de forma segura.

No caso dos bebês, o que acontece é que durante a gestação eles recebem quantidade de ferro suficientes para nutri-los até o sexto mês de vida.

Isto é, o organismo do bebê cria uma espécie de reserva temporária. Principalmente se a gestação foi muito tranquila e ok desde o início.

Por isso o papel da mamãe é de grande responsabilidade nesta fase, exatamente porque as reservas já se esgotaram, e você precisa agora preparar um cardápio de papinhas com bastante cuidado e atenção para este nutriente não faltar no organismo do bebê.

Como vamos te ajudar no preparo das receitas de papinhas ricas em ferro?

Para facilitar sua vida, preparamos um cardápio com 7 receitas de papinhas doces e salgadas, que são ricas em ferro.

Vamos mostrar quais combinações não poderão ser feitas na hora de preparar as papinhas.

Você também conhecerá quais combinações devem ser feitas para que o Ferro seja corretamente absorvido pelo organismo do bebê.

Essas importantes dicas irão garantir que seu bebê fique bem nutrido durante toda a etapa das primeiras papinhas.

Lembrando sempre que é essencial que esta fase seja cumprida com o máximo de cuidado possível.

Papinhas para bebês, quando bem preparadas, são excelentes aliadas para garantir um perfeito desenvolvimento dos bebês.

Suplementação de Ferro: Devo fazer ou não?

São muitas as variáveis quando o assunto é organismo.

Cada bebê possui necessidades diferentes.

Existe uma prática médica.

Muitos optam por seguir apenas o protocolo na hora na oferecer a suplementação do ferro no sexto mês de vida do bebê.

Ou seja, é um procedimento praxe nesse meio.

Mas o que devemos levar em conta é que cada bebê um terá um histórico diferente.

Você tem que considerar bebês que nasceram muito abaixo do peso ideal; Bebês prematuros; bebês que iniciaram a alimentação com papinhas aos 4 meses de idade; bebês cujo as mães tiveram complicações durante a gestação, como diabetes ou anemia.

Converse com o pediatra de seu bebê assim que ele oferecer a suplementação.

Pergunte se não seria o caso de realizar algum exame mais detalhado onde poderá checar se está tudo ok com a saúde de seu bebê.

Se o bebê já possuir quantidades significativas de ferro no organismo, não será muito interessante fazer a suplementação.

Por isso, não deixe de visitar o pediatra de seu bebê para obter informações detalhadas.

O que pode acontecer se houver baixa de ferro no organismo do bebê?

Esse nutriente é essencial, considere sua importância e esteja consciente de mantê-lo presente no preparo diário das papinhas para bebês.

A falta deste nutriente, nesta importante fase de ingestão das primeiras papinhas, pode gerar:

  • Distúrbios do crescimento do bebê
  • Problemas de aprendizagem e comportamentais
  • Retraimento social
  • Habilidades motoras atrasadas
  • Fraqueza muscular
  • Taquicardia
  • Falta de ar
  • Falta de apetite
  • Alteração do sono
  • Mucosas das pálpebras e gengivas descoradas
  • Palidez

Importante:

Você não deve se apavorar com essa listinha acima, porque se houver uma suplementação incorreta ou até mesmo uma overdose de ferro no organismo, os resultados poderão ser ainda piores.

Por isso, mais uma vez reforço que é necessário pedir exames ao pediatra antes de iniciar a suplementação.

E se você não quer correr outros riscos, é importante se informar sobre todos os detalhes que envolvem essa fase tão delicada.

Papinhas para bebês devem apresentar esta perfeita união nutricional: Ferro + Vitamina C

Sempre que você preparar uma papinha que esteja rica em ferro, é muito importante que ela esteja acompanhada por algum outro alimento que contenha vitamina C.

A vitamina C ajuda na absorção do ferro.

Se sua papinha tiver algum ingrediente de origem animal, esse ferro poderá ser mais facilmente absorvido pelo organismo.

Isso acontece mesmo que não haja a presença do outro alimento com vitamina C.

Agora, se em suas papinhas estiverem presentes apenas as leguminosas, a beterraba, e as folhas verdes escuras, todas ricas em ferro, é importante que esteja acompanhada por alimentos que possuem vitamina C.

Uma dica é oferecer frutas para o bebê logo depois das papinhas.

A grande maioria das frutas possuem vitamina C.

No preparo das papinhas para bebês, nunca faça essa combinação: Ferro + Cálcio

Se você optou por oferecer uma refeição rica em ferro para o seu bebê, nunca ofereça na mesma refeição, nada que tenha cálcio.

Devemos considerar que o cálcio é um mineral de grande importância para o organismo e para o desenvolvimento do bebê.

É muito importante que ele seja ingerido em quantidades adequadas durante toda a infância.

Porém, quando ingerido junto com o ferro, seu efeito pode ser negativo.

O que acontece, é que o cálcio anula a atuação do ferro no organismo, quando ingeridos aos mesmo tempo, ou até mesmo se for ingerido logo após a refeição.

São estes pequenos detalhes que fazem toda a diferença, por isso é importante conhecer a forma correta de fazer e oferecer as papinhas.

Não ofereça sobremesas com papinhas a base de leite

Mesmo que você tente evitar juntar o cálcio com o ferro na hora de preparar papinhas de bebês.

Fique atenta com as sobremesas.

O mesmo irá valer na hora de preparar papinhas de bebês a base de frutas.

Não por causa das frutas.

Mas o que acontece é que algumas receitas de papinhas de frutas para bebês vem acompanhada pela adição de leite.

Se a fonte for o leite materno, a mesma recomendação deve ser considerada.

Porque mesmo que o leite materno seja muito nutritivo para o bebê, após uma papinha que contenha boa quantidade de ferro, o consumo do cálcio deve ser evitado.

Ou seja, após servir papinhas salgadas para bebês, evite sempre sobremesas a base de leite.

Dê preferência para sobremesas preparadas com frutas sem adição de leite, mas ainda assim, faça uma pausa de pelo menos 20 minutos após a refeição principal.

Papinhas para bebês de 4 meses: Podem provocar uma baixa na ingestão de ferro

Normalmente pediatras indicam o início das primeiras papinhas aos 6 meses de idade.

É recomendado que se inicie com papinhas de frutas por algumas semanas.

No entanto, existem algumas exceções. Há alguns casos em que o pediatra autoriza as primeiras ingestões de papinhas aos 4 meses de idade do bebê.

Fique atenta, porque isso pode provocar uma baixa da ingestão de ferro.

Mesmo com o auxílio das papinhas ricas em ferro.

Verifique com o médico nesses caso, se seu bebê irá necessitar de uma suplementação, durante essa fase de mudança.

Porque alguns bebês iniciam as papinhas com 4 meses de idade?

Isso acontece muitas vezes, quando as mães precisam voltar ao trabalho.

Na maioria desses casos, o bebê passa por duas mudanças alimentares quando a mãe precisa voltar ao trabalho.

Além da introdução das papinhas, existe também a introdução de algum tipo de leite com fórmula.

Se para um bebê de 6 meses, a ingestão de papinhas pode ser um tanto desconfortável.

Imagina para o bebê de 4 meses ter que se adaptar com a chegada de papinhas, leite de fórmula, e ainda a ausência da mãe em algum período do dia.

Todas essas mudanças são claramente sentidas pelo bebê.

Por isso, é necessário consultar o pediatra para saber qual será a data indicada para seu filho iniciar essas mudanças acompanhada pelas novas papinhas.

Sendo assim, caso o pediatra diga que seu bebê fará o início das papinhas com 4 meses.

Questione-o. Pergunte qual o motivo de se iniciar tão cedo.

Lembrando novamente que, bebês que experimentam papinhas com 4 meses, devem receber um cuidado e uma atenção maior para a questão da ingestão de ferro.

Afinal, qual a idade ideal para oferecer papinhas para bebês?

Não existe uma necessidade de se acelerar esse processo.

A verdade é que quanto “mais tarde” se fizer a introdução alimentar com papinhas para bebês, melhor.

Existem bebês que iniciam as primeiras papinhas até mesmo com 7 meses de idade.

E há também alguns casos isolados de mães que esperam um pouco mais.

Esse último caso não é tão recomendado, porque a oferta das papinhas, oferece aos bebês, mais do que só a alimentação e a ingestão de nutrientes.

A mastigação, por exemplo, é bastante trabalhada quando se inicia a oferta das primeiras papinhas.

Além do mais, as necessidades diárias de nutrientes começam a aumentar, e então as papinhas se tornam a alimentação complementar, ou seja, uma grande aliada para fazer com que o bebê se torne cada dia mais saudável e forte.

Portanto, ofereça papinhas para bebês entre o sexto e o sétimo mês.

Antes disso, só ofereça as papinhas por recomendação médica, em alguns casos específicos, como já foi falado acima.

Quando o bebê se adapta as papinhas, tanto o sono como o humor do bebê tendem a melhorar.

Principalmente se ele estiver comendo papinhas saborosas e bem feitinhas.

Mas lembre-se que receitas de papinhas saborosas não necessitam serem preparadas com o uso do sal.

Somente o sabor natural de cada alimento é o que vai despertar nos bebês o gosto pelas papinhas.

Vamos então para as nossas 7 saborosas receitas de papinhas para bebês.

7 Receitas de papinhas para bebês

1 – Papinha de banana com leite de coco caseiro

Essa papinha, é bem para o comecinho mesmo, ela costuma ser facilmente aceita pelos bebês nas primeiras colheradas, e é bastante rica em ferro. Tanto a banana quanto o coco.

A banana com uma quantidade mais baixa, mas o coco podemos dizer que é realmente rico em ferro.

  • Ingredientes
  • ½ banana nanica
  • 50ml de leite de coco (caseiro)

Modo de preparo

Amasse a banana e misture com o leite de coco caseiro.

No Manual das Papinhas, nós ensinamos como preparar o leite de coco caseiro, uma receita simples, e muito poderosa para a formação nutricional dos bebês.

Dica: Nas primeiras papinhas, sempre ofereça as bananas nanicas, porque, diferente das outras, elas não prendem o intestino dos bebês.

2 – Papinha de Beterraba, cenoura e laranja lima

Essa papinha pode ser oferecida como papinha doce, uma combinação perfeita de ferro com vitamina C.

½ cenoura cozida
¼ de beterraba cozida
½ laranja lima

Modo de preparo

Cozinhe a cenoura e a beterraba.

Amasse a cenoura com o garfo.

Note que a beterraba mesmo depois de muito bem cozida, não fica tão macia como a cenoura, por isso, passe a beterraba em um peneira.

Não indicamos o uso de peneiras nas papinhas porque ela destrói bastante as fibras, mas o caso da beterraba é uma exceção, porque é mais seguro oferecer dessa forma.

Depois esprema o suco de meia laranja lima, misture e sirva.

3 – Papinha de grão de bico, beterraba e mamão

  • 1 colher de sopa de grão de bico já cozido sem tempero
  • 1 beterraba pequena cozida
  • 1 colher de café de óleo de coco
  • 4 colheres de sopa de mamão

Modo de preparo

Passe a beterraba na peneira, misture com o óleo de coco, adicione o grão de bico e o mamão, amasse tudo com o garfo, e sirva.

4 – Papinha de Mandioquinha, caldo de feijão, couve e beterraba

  • 1 mandioquinha pequena cozida
  • 1 beterraba pequena cozida
  • 1 folha inteira de couve
  • ½ xícara de caldo de feijão

Modo de preparo

Cozinhe a mandioquinha e a beterraba picadas por dez minutos.

Acrescente a folha de couve nos últimos cinco minutos de cozimento.

Amasse com o garfo a cenoura.

Amasse e passe a beterraba pela peneira.

Retire a folha de couve, e misture tudo ao caldo de feijão.

Adicione um fio de azeite e sirva.

5 – Papinha de batata doce, carne vermelha, couve e cenoura

  • 1 batata doce cozida
  • 1 fatia de músculo dianteiro
  • 1 folha de couve
  • 1 cenoura

Modo de preparo

Pique os legumes e cozinhe junto como filé inteiro.

Acrescente a folha de couve nos últimos minutos de cozimento.

Depois de pronto amasse os legumes como garfo.

Retire a carne e a folha de couve.

Acrescente um fio de azeite e sirva.

6 – Papinha de carne moída com fubá, cenoura e couve

  • 1 colher de sobremesa de óleo de coco
  • 1 colher de sopa de cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 colheres de sopa de carne bem moída
  • 2 colheres de sopa de fubá
  • ½ cenoura pequena picada em cubos bem pequenos
  • 1 colher de sopa de couve bem picadinha

Modo de Preparo

Em uma panela refogue a cebola o alho e a carne moída.

Acrescente a cenoura e cozinhe.

Depois de pronto, acrescente meia xícara de chá de água filtrada e o fubá, cozinhe mexendo sem parar até que o caldo engrosse.

Acrescente a couve e deixe cozinhar por mais 2 minutos.

Depois de pronta, retire a couve amasse tudo com o garfo e sirva.

7 – Papinha de Frango com batata, inhame cenoura e beterraba

  • 1 colher de sobremesa de óleo de coco
  • 1 dente de alho
  • 1 colher de sopa de cebola picada
  • 1 fatia de filé de frango
  • 1 batata pequena picada
  • 1 inhame pequeno picado
  • ½ cenoura picada
  • 1 beterraba pequena picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue o alho, a cebola e o frango.

Adicione o restante dos alimentos e cubra com água, cozinhe até que tudo esteja macio.

Retire o frango, amasse tudo com o garfo e sirva.

Conclusão

Como você viu, existem muitos detalhes importantes que devem ser observados na hora de oferecer as papinhas.

Se você quer evitar erros graves durante esta fase tão importante, nós recomendamos que conheça o Manual das Papinhas, um guia absolutamente completo sobre papinhas.

Nosso Manual é o livro de papinhas mais lido do Brasil, e tem sido utilizado por muitas nutricionistas e médicas, que também o recomendam.

O_Manual_das_Papinhas_3ª_edicao

Conheça o Manual que tem ajudado milhares de mães em todo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.